"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Encontro será antídoto contra ataques às famílias, diz Dom Rafael

Entre os dias 13 e 18 de janeiro, a Cidade do México, considerada a maior cidade do mundo, sediará o VI Encontro Mundial das Famílias. O local e o tema do encontro "Família, formadEntre os dias 13 e 18 de janeiro, a Cidade do México, considerada a maior cidade do mundo, sediará o VI Encontro Mundial das Famílias. O local e o tema do encontro "Família, formadora dos valores humanos e cristãos", foram escolhidos pelo Papa Bento XVI durante a Assembléia Plenária do Pontifício Conselho para a Família, em abril de 2008.Uma delegação irá representar o Brasil no evento, entre eles, Dom Rafael Llano Cifuentes, Bispo de Nova Friburgo, RJ e Presidente Nacional da Comissão Vida e Família da CNBB, Dom Dimas Lara Barbosa, secretário geral da CNBB, Dom Antônio Augusto Dias Duarte, Conselheiro Nacional da Pastoral Familiar e Bispo auxiliar do Rio de Janeiro e Dom João Petrini, Bispo auxiliar de Salvador, na Bahia. Além das autoridades eclesiais, grupos de famílias brasileiras também farão parte da comissão.Em entrevista ao notícias.cancaonova.com, Dom Rafael falou que este encontro será uma grande catequese para as famílias, a fim de restagar a missão da igreja doméstica que é formar o ser humano em seus valores morais e cristãos. "Nesse momento em que o que se vive é uma completa dissociação entre o que se diz crer e o modo concreto de comportar-se, o encontro propõe refletir, a cerca da família que deve ser a Igreja doméstica, chamada a educar as novas gerações nos valores humanos e cristãos para que orientando sua vida segundo o modelo de Cristo, reforcem nessas famílias uma personalidade harmônica humanamente falando e firme cristamente falando".Para Dom Rafael, a família é a portadora dos valores humanos e cristãos da sociedade, e por isso, este encontro vai pensar sobre este tema. "Eu estou seguro", afirmou o Bispo, "de que os temas desenvolvidos no encontro vão expor e reafirmar todos os valores familiares e serão como um antídoto para todos esses problemas que se levantam contra a família. Porque todo mundo sabe que a família, homen e mulher é o modelo natural de toda a família humana, o resto são invenções através das quais querem justificar coisas que infelizmente não tem justificativa". Dom Rafael citou como exemplo o número de abortos cometidos no Brasil que causam mais mortes do que os ataques de Israel a Gaza. "Morre em cada semana muito mais seres humanos do que todos os seres humanos que morreram agora na Faixa de Gaza, nos bombardeios de Israel, por exemplo. E em um ano, não tenho dúvida de que há mais mortos do que na última guerra mundial. Então o aborto é um problema sério", completou o Bispo.Dom Rafael falou ainda da importância do trabalho realizado com as famílias do Brasil pela Pastoral Familiar: "hoje todas as dioceses do Brasil tem Pastoral Familiar que trabalha com toda família com várias atividades, algumas mais conhecidas e outras menos conhecidas, a Comissão da Pastoral familiar é como um grande guarda-chuva, que protege os movimentos da Igreja, incentivando-os para que eles atuem de acordo com o seu próprio carisma". Por fim, o Bispo pediu a todos orações na intenção ao encontro, e deixou sua benção ás familias do Brasil.ora dos valores humanos e cristãos", foram escolhidos pelo Papa Bento XVI durante a Assembléia Plenária do Pontifício Conselho para a Família, em abril de 2008.Uma delegação irá representar o Brasil no evento, entre eles, Dom Rafael Llano Cifuentes, Bispo de Nova Friburgo, RJ e Presidente Nacional da Comissão Vida e Família da CNBB, Dom Dimas Lara Barbosa, secretário geral da CNBB, Dom Antônio Augusto Dias Duarte, Conselheiro Nacional da Pastoral Familiar e Bispo auxiliar do Rio de Janeiro e Dom João Petrini, Bispo auxiliar de Salvador, na Bahia. Além das autoridades eclesiais, grupos de famílias brasileiras também farão parte da comissão.Em entrevista ao notícias.cancaonova.com, Dom Rafael falou que este encontro será uma grande catequese para as famílias, a fim de restagar a missão da igreja doméstica que é formar o ser humano em seus valores morais e cristãos. "Nesse momento em que o que se vive é uma completa dissociação entre o que se diz crer e o modo concreto de comportar-se, o encontro propõe refletir, a cerca da família que deve ser a Igreja doméstica, chamada a educar as novas gerações nos valores humanos e cristãos para que orientando sua vida segundo o modelo de Cristo, reforcem nessas famílias uma personalidade harmônica humanamente falando e firme cristamente falando".Para Dom Rafael, a família é a portadora dos valores humanos e cristãos da sociedade, e por isso, este encontro vai pensar sobre este tema. "Eu estou seguro", afirmou o Bispo, "de que os temas desenvolvidos no encontro vão expor e reafirmar todos os valores familiares e serão como um antídoto para todos esses problemas que se levantam contra a família. Porque todo mundo sabe que a família, homen e mulher é o modelo natural de toda a família humana, o resto são invenções através das quais querem justificar coisas que infelizmente não tem justificativa". Dom Rafael citou como exemplo o número de abortos cometidos no Brasil que causam mais mortes do que os ataques de Israel a Gaza. "Morre em cada semana muito mais seres humanos do que todos os seres humanos que morreram agora na Faixa de Gaza, nos bombardeios de Israel, por exemplo. E em um ano, não tenho dúvida de que há mais mortos do que na última guerra mundial. Então o aborto é um problema sério", completou o Bispo.Dom Rafael falou ainda da importância do trabalho realizado com as famílias do Brasil pela Pastoral Familiar: "hoje todas as dioceses do Brasil tem Pastoral Familiar que trabalha com toda família com várias atividades, algumas mais conhecidas e outras menos conhecidas, a Comissão da Pastoral familiar é como um grande guarda-chuva, que protege os movimentos da Igreja, incentivando-os para que eles atuem de acordo com o seu próprio carisma". Por fim, o Bispo pediu a todos orações na intenção ao encontro, e deixou sua benção ás familias do Brasil.
Fonte: Canção Nova.

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!