"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Vaticano completa 80 anos

O Estado da Cidade do Vaticano completa nesta quarta-feira, 11, 80 anos de criação. O Tratado de Latrão - também conhecido como Pacto Lateranense) entre a Itália e a Santa Sé foi assinado em 11 de fevereiro de 1929, entre o Papa Pio XI e Benito Mussolini. Esse Tratado acabou com o conflito que os Papas (exilados no Vaticano) mantiveram com o Reino da Itália desde 1870, quando as tropas de Giuseppe Garibaldi liquidaram os antigos Estados Pontifícios. O atual Estado da Cidade do Vaticano está encravado na cidade de Roma, à direita do Rio Tibre, com uma superfície de 440.000 metros quadrados. Considerado como o menor Estado do mundo, esse território assegura a liberdade da Sé Apostólica e a independência do Papa para poder realizar sua missão. Mas como se pode explicar hoje a necessidade de um estado soberano para exercitar uma autoridade espiritual sobre os católicos espalhados no mundo? Foi o que a Rádio Vaticano perguntou ao presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano, Cardeal Giovanni Lajolo:Cardeal Lajolo - Todo o significado do Estado soberano da Cidade do Vaticano é preservar o Papa de qualquer ingerência política na condução da Igreja e no seu magistério evangélico, que é dirigido não somente à Igreja, mas a toda a humanidade. O vigário de Cristo deve ser independente e livre, não deve responder a nenhuma autoridade terrena, mas somente a Deus. A história, sobretudo da Europa, demonstrou por diversas vezes no decorrer dos séculos, e também no século passado, a inclinação de alguns regimes e de alguns governos a aprisionar a voz do papa. Ainda hoje, não poucos homens políticos gostariam que o papa não se pronunciasse sobre temas morais, desagradáveis a eles. O Estado da Cidade do Vaticano, por menor que seja, garante ao papa a plena independência de qualquer influência política externa. Rádio Vaticano - Durante alguns anos, o senhor foi secretário das Relações com os Estados. Quais são os desafios mais difíceis ao representar o menor Estado do mundo em sedes internacionais?Cardeal Lajolo - Devo fazer uma premissa de que a atividade internacional da Santa Sé, em especial a diplomacia, raramente diz respeito ao Estado da Cidade do Vaticano. Isso acontece quando se trata de questões técnicas, que não representam grandes desafios. A atividade internacional e diplomática da Santa Sé é sempre uma atividade de Igreja e é conduzida não com base em um poder político da Santa Sé, mas com base na força da palavra ditada pela razão e, em especial, sobre a força da Palavra inspirada por Deus.O cardeal explica que os grandes desafios dizem respeito à liberdade da Igreja local, isto é, dos bispos junto a seus fiéis, e aos direitos humanos, a partir do direito à vida e à nutrição, e o direito a uma verdadeira liberdade religiosa. Ele cita também o direito ao desenvolvimento econômico dos países mais pobres, mas também das pessoas pobres e desfavorecidas. Todos esses desafios convergem para o maior desafio, do grande empenho da Igreja: a Paz.
Rádio Vaticano - Nota-se ainda hoje uma atitude de fascínio pelo "mundo misterioso" dentro dos muros vaticanos. É justo manter esta imagem ou se busca mudar?
Cardeal Lajolo - "Trata-se de um mito que, a meu entender, não tem fundamento. Quem quiser se informar ou informar aos outros, basta recorrer aos instrumentos de domínio público, abertos a todos, que são as leis e as normas da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano. Além disso, há uma vasta informação sobre questões atuais fornecida pela Rádio Vaticano, L'Osservatore Romano, o site da Santa Sé (
www.vatican.va) e do Estado da Cidade do Vaticano (www.vaticanstate.va) e, recentemente, o novo canal no Youtube. As celebrações dos 80 anos do Estado da Cidade do Vaticano também são uma ocasião para melhor conhecer "o mundo misterioso", na realidade muito simples e claro, do Vaticano.
Fonte: Canção Nova

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!