"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Papa lembra teólogo que nos inspira estudo, contemplação e oração

Na Audiência geral desta quarta-feira, 3, o Papa Bento XVI ilustrou a vida de um grande filósofo, teólogo e exegeta da Idade Média: Rábano Mauro. O Papa disse que através de seu ensinamento e do exemplo de sua vida, Rábano Mauro nos inspira hoje a um ministério coadjuvado pelo estudo, pela profunda contemplação e a constante oração.
Nascido em Magúncia, por volta de 780, é conhecido por Praeceptor Germaniae, mestre da Germânia, pelo grande impulso intelectual e espiritual oferecido a seus tempos e por ter contribuído na conversão dos povos limítrofes ao cristianismo. Pastor e homem de Deus, foi monge muito jovem, Abade do Mosteiro de Fulda e posteriormente Arcebispo de Magúncia. Sua extraordinária cultura fez dele conselheiro de príncipes e garante da unidade do império, o que não lhe impediu de continuar a estudar, demonstrando que a entrega aos outros e a dedicação à reflexão são compatíveis.
Provavelmente é ele o autor do famoso hino Veni Creator Spiritus. Em seus escritos, emergem o amor à cruz, à poesia, à liturgia e à Palavra de Deus, comentados ao longo de sua vida com uma evidente intenção pastoral. Muitas vezes, Rábano incluía ilustrações em seus textos, pois a seu ver, a experiência de fé compreende também os sentidos, e passa pela sensibilidade artística. Ele estava convencido de que, para decifrar o sentido figurado, é muito útil conhecer a natureza das coisas e a etimologia das palavras. O filósofo se preocupava igualmente com a disciplina eclesiástica e a retidão da vida clerical.
Bento XVI fez resumos de sua catequese em várias línguas. Em polonês, o Papa saudou os 30 anos da primeira peregrinação de João Paulo II à sua pátria, e se disse grato por tudo o que aquela visita gerou de positivo, na Polônia e na Europa.Saudação em português
Antes de conceder a sua bênção, o Papa cumprimentou os peregrinos de língua portuguesa, citando hoje especialmente os brasileiros. "Com amizade saúdo os diversos grupos do Brasil e demais peregrinos de língua portuguesa, com votos de que alcanceis aquilo que aqui vos trouxe de tão longe: parar junto das memórias dos Apóstolos e dos Mártires, meditando sobre o fim glorioso do seu combate por Cristo e receber a investidura do mesmo Espírito para idênticas batalhas em prol do triunfo do Evangelho no seio da família e da sociedade. Sobre cada um de vós e seus familiares, desça a minha Bênção."

Fonte: Canção Nova.

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!