"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Pena de morte não é resposta ao horror, afirma Bispo chileno

O Bispo de Valparaíso, Dom Gonzalo Duarte García(foto), expressou sua dor pelo assassinato de Francisca Silva, uma menina de cinco anos, mas advertiu que a pena de morte que pedem muitas pessoas não é a resposta ante o horror; e por outra parte chamou os cidadãos a refletirem sobre qual tipo de sociedade se está construindo."A trágica morte da menor Francisca Silva e todo o relativo ao seu velório e funerais foi o mais doloroso que tive que viver em meus já 42 anos de sacerdote. Eu senti como nunca a impotência do ser humano frente à dor moral extrema e a impossibilidade de dizer palavras de consolo", expressou o Prelado ao recordar a Missa pela morte de Francisca, uma menor de cinco anos, que foi seqüestrada por seu vizinho, ultrajada e assassinada.Dom Duarte García disse que compreende a quem pede aos gritos a pena de morte para o assassino, porque "é uma expressão espontânea de dor e um clamor para que se faça justiça, porque infelizmente a opinião pública, e particularmente o mundo dos pobres, sente que não se está fazendo justiça no Chile".Entretanto, embora "algumas pessoas me enfrentaram duramente por isso", reafirmou que a pena capital não é a solução ao horror. "A sociedade chilena, através dos poderes públicos que a representam e que ela mesma escolheu, deu um passo importante de humanização suprimindo a pena de morte", assinalou.O Bispo de Valparaíso disse que terá que deixar "que os tribunais façam serena e eficientemente seu trabalho" e chamou ao revés a perguntar-se "quê família estamos construindo, quê sociedade estamos construindo, quê Igreja estamos construindo. Até quando vamos seguir com as brigas, a violência verbal e as desqualificações?".O Prelado indicou que "chegou o momento de nos empenhar, cada um, na nobre tarefa de dar de presente às nossas crianças e jovens um mundo belo, um mundo melhor, um mundo mais justo e solidário".Dom Duarte García disse que "não há palavras humanas capazes de consolar" a quem perdeu a uma filha, mas é então "quando temos que nos aferrar à Palavra de Deus, que é única pode dar sentido a toda nossa vida e a tudo em nossas vidas".Entretanto, insistiu em que "fica a interrogante fundamental: quê sociedade estamos construindo? Quais são os valores que estamos privilegiando no dia a dia"?
Fonte:ACI.

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!