"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Vaticano apresenta congresso sobre deficientes auditivos

O presidente do Conselho Pontifício da Pastoral da Saúde (CPPS), Dom Zygmunt Zimowski, apresenta nesta terça-feira, 17, o programa da 24.ª Conferência Internacional promovido pelo CPPS, que se realizará no Vaticano de 19 a 21 de Novembro, este ano dedicada ao tema "Effatá! O deficiente auditivo na vida da Igreja".

Na conferência de imprensa tomarão parte, ainda, Dom José L. Redrado, secretário do CPPS; o padre Jean-Marie Mpendawatu, subsecretário do mesmo Conselho Pontifício; padre Savino Castiglione, da “Pequena Missão para os surdos-mudos”; o médico Marco Radici, otorrinolaringologista no Hospital São João de Deus em Roma.

Referindo-se à apresentação do programa ao Papa, Dom Zimowski, disse ao jornal "L'Osservatore Romano" que "a finalidade da escolha deste tema é oferecer à Igreja uma oportunidade para valorizar a contribuição dos deficientes auditivos nos diversos campos de apostolado, dando, assim, pleno reconhecimento à relevância da sua atuação".

Para a preparação do programa, foram determinantes as contribuições da "International catholic foundation for the service of deaf persons" e da congregação religiosa "Pequena Missão para os surdos-mudos".

"As conferências propõem-se enfrentar, sob os aspectos sociológico, psicológico, médico, familiar e, sobretudo, pastoral, a condição das pessoas surdas. Além desses temas, terão lugar algumas mesas-redondas com experiências concretas de grupos familiares e de deficientes auditivos”, disse o presidente do Conselho Pontifício da Pastoral da Saúde.

O objetivo é sensibilizar toda a comunidade e dar impulso para "ações concretas e eficazes, em nível social e eclesial, para aliviar as dificuldades dos surdos".

Fonte: Canção Nova e Ecclesia

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!