"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Portugueses levarão às ruas indignação popular pela aprovação do "matrimônio" homossexual

.- A plataforma "Cidadania e Matrimônio" de Portugal anunciou a realização da manifestação cívica "pelo casamento, pela família" que se realizará este sábado 20 de fevereiro em Lisboa para expressar ao governo português sua indignação pela aprovação do "matrimônio" homossexual no parlamento que só "pode criar problemas para a sociedade".

Conforme assinalou Isilda Pegado, presidenta da Federação Portuguesa pela Vida, "depois de mais de 90 mil assinaturas terem sido entregues na Assembleia da República usamos agora outra forma de expressão da vontade popular: a manifestação pública. É uma manifestação que não se pretende contra ninguém, é uma manifestação pela liberdade deste povo a decidir quais são os destinos do país. É uma manifestação pelo casamento entre um homem e uma mulher e pela família como estrutura e célula da sociedade”, disse a presidenta em declarações reunidas pela agência Ecclesia.

Do mesmo modo, o Pe. Manuel Morujão, Secretário da Conferência Episcopal Portuguesa, afirmou que " A Igreja olha para esta movimentação com simpatia porque, seguramente, tudo aquilo que reforce os laços familiares e a estabilidade do casamento, do verdadeiro casamento, a Igreja aplaude".

A manifestação, segundo a informação divulgada pela agência Ecclesia, acabará numa “festa da Família”, apresentada por Sofia Guedes como um momento “divertido”, com actuações músicas que serão intercaladas por discursos, prometendo um momento de “alegria e esclarecimento”.

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!