"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

quarta-feira, 24 de março de 2010

Bento XVI diz a jovens que amor é "chave de toda a existência"

Todo o homem - criado à imagem de Deus - é feito para amar e apenas tem vida plena quando vive para o amor.

"É esta a chave de toda a existência", diz Bento XVI na mensagem que enviou aos participantes do X Encontro Internacional de Jovens por intermédio do presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, Cardeal Stanisław Ryłko.

Sobre o tema do Encontro - "Aprender a amar" -, o Papa ressaltou que "o ponto de partida de toda a reflexão sobre o amor é o mistério do próprio Deus, porque o coração da Revelação Cristã é este: Deus caritas est. Cristo, na Sua paixão, no Seu dom total, nos revelou o rosto de Deus que é Amor".

O Santo Padre recordou que a vocação para o amor se realiza de modo distinto em cada estado de vida.

As pessoas consagradas no celibato, chamadas por Deus para uma doação integral e indivisível, são "sinal eloquente do amor de Deus pelo mundo e da vocação de amar a Deus sobre todas as coisas".

Exortando os jovens a também descobrir a beleza do Matrimônio, Bento XVI alertou que, "em um contexto cultural em que muitas pessoas consideram o Matrimônio como um contrato temporário que se pode infringir, é de vital importância compreender que o verdadeiro amor é fiel, doação definitiva de si. Porque Cristo consagra o amor dos casais cristãos e se empenha com eles, esta fidelidade não somente é possível, mas é a via para entrar em uma caridade ainda maior".

O Papa também salientou que os jovens delegados do Encontro são chamados a ser testemunhas para seus contemporâneos, chamados a um papel importante na evangelização dos jovens de seus próprios países.




Fonte: Canção Nova

Nenhum comentário:

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!