"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A face oculta de Lutero



Quem foi Lutero?
O que ele realmente pensava?
Porque ele se revoltou contra a Igreja?
Assista esse vídeo e entenda.

veja mais vídeos católicos em:
www.youtube.com/santaigreja

Bento XVI busca novo Prefeito para a Congregação da Doutrina da Fé

domingo, 21 de agosto de 2011

Nossa Senhora Rainha

Caríssimos, hoje recordamos Nossa Senhora Rainha. Tal memória foi instituída pelo querido Papa Pio XII.

O Evangelho de São Lucas nos relata o grande sim vocacional de Maria, Ecce ancilla Domini, Eis a serva do Senhor! O simples SIM de Maria mudaria todo o curso da humanidade, e Ela tinha consciência disso. O chamado que Deus fez a Maria é o exemplo da semente da vocação plantada por Deus em nossos corações, semente que devemos cuidar com todo carinho e é claro; aceita-la de forma digna e generosa.

Nossa devoção por Maria deve ser grande, porém às vezes colocamos Maria em um local que ela não quer estar: No lugar de Jesus. “Fazei o que Ele vos disser”, Maria intercede por nós, entregando-nos nas mãos de seu Filho Jesus.

Na Sagrada Família de Nazaré, Maria é Aquela que dá o apoio, disponibiliza o amor incondicional pela sua família, fazendo assim dela um verdadeiro Lar. São José Manyanet nos diz que devemos visitar todos os dias a Sagrada Família, ou seja, mergulhar na espiritualidade nazarena, ter uma Desidéria, ou seja, uma alma que quer conhecer e buscar a espiritualidade de Nazaré. Ao exemplo de Maria devemos transformar nossos lares “em um Nazaré”.

Que possamos nos entregar a Deus de todo coração seguindo o exemplo da Virgem Maria, acolhendo o plano de Deus para nossa vida, acolhendo a vocação que somos chamados a viver em Cristo nosso Senhor.

Cesar da Rocha Pires

Seminarista da Congregação dos Filhos da Sagrada Família

Jesus Maria e José

Contato: contato@manyanet.com.br – (41) 3252-1729 – www.manyanet.com.br

Veja as melhores imagens da Jornada Mundial da Juventude - Madrid. (Com imagens da Cruz oficial sendo passada para jovens Brasileiros)

A Fé é dom de Deus

sábado, 20 de agosto de 2011

Bento XVI em Cuatro Vientos, "A vossa força é maior do que a chuva"



Quase dois milhões de jovens esperavam que o papa Durate horas no sol, no aeródromo de Cuatro Vientos em Madri para participar do primeiro encontro de Bento XVI na Jornada Mundial da Juventude 2011, em Madrid.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Festa em nossa Arquidiocese

Hoje festejamos o 85º aniversário natalício de nosso Arcebispo e Mérito, Dom Pedro Antônio Marchetti Fedalto. Parabéns por mais este ano de vida de piedade e de trabalho a Igreja e a Arquidiocese de Curitiba!

Foi ordenado sacerdote em 06 de dezembro de 1953 pelas mãos de Dom Manuel da Silveira D’Elboux, Arcebispo Metropolitano, juntamente com Dom Albano Bortoletto Cavallin, Arcebispo Emérito de Londrina, Dom Antônio Agostinho Marochi, Bispo Emérito de Presidente Prudente, São Paulo, Monsenhor Francisco Gorski, ex-pároco de Água Verde e Monsenhor João Augusto Sobrinho, ex-pároco da Igreja dos Passarinhos, Bigorrilho, ambos de saudosa memória.

Aos 28 de agosto de 1966 foi ordenado bispo auxiliar de Curitiba com 44 anos e escolhe o lema "Verdade na caridade".

Foi Bispo Auxiliar de Curitiba de 1966 a 1970, e Administrador Apostólico Diocesano, durante o ano de 1970 (após a morte de D. Manuel), sendo empossado como 4º arcebispo de Curitiba, dia 28 de fevereiro de 1971.

Tem sido a sua marca, durante estes 30 anos á frente da Arquidiocese de Curitiba e como presidente do Regional Sul II, num período de 28 anos, Para melhor evangelizar, descentralizou a Arquidiocese em quatro grandes áreas pastorais, divididas em 18 setores, contando 3 áreas aos 3 Bispos Auxiliares, reservando para si, o Centro.

Planos de Pastoral: deu continuidade aos planos de pastoral iniciados em 1968, publicando em 1972 o Diretório Pastoral, em 1975, o Manual do Agente de Pastoral e em 1980 publicou a Carta Pastoral sobre a Evangelização dos Fiéis, na fé e no compromisso. Em 1975 toda a Arquidiocese viveu as Santas Missões Populares com os missionários Redentoristas, Grande marco na Arquidiocese, foi a realização do 1º Sínodo de (1987 a 1994), resultando daí um revigoramento evangelizador com a mística, que perpassa a todos até hoje: ¨ Ser Igreja, Caminhar juntos, Participar ¨.

Dom Pedro criou 74 novas paróquias, ordenou 74 padres diocesanos, acolheu congregações femininas e masculinas. Merece destaque no seu episcopado: a realização das Santas Missões Populares em 1975 e 2000, a Vinda do Papa João Paulo II, a Curitiba, nos dias 05 e 06 de junho de 1980. No ano de 1998, quando toda a igreja se preparava para a celebração da chegada do Novo Milênio, foram crismados 12.352 jovens, reunindo 75.000 pessoas no estádio do Pinheirão. No ano de 2000 a realização das Santas Missões Populares.

Realizou o Congresso Eucarístico Arquidiocesano pelos 50 anos de Igreja da Ordem como Templo de Adoração Perpétua e em preparação do 14º Congresso Eucarístico Nacional.
Após Completar 75 anos, escreve a carta à Santa Sé solicitando afastamento do cargo de Arcebispo Metropolitano de Curitiba. Esse pedido só foi aceito aos 15 de maio de 2004 quando foi nomeado Dom Moacyr José Vitti.



Fonte: Wikipedia

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Foto do dia - A união faz a força...

... E nesse caso literalmente... rsrsrs
Boa semana a Todos!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Arquivo Pontifício - 33 º aniversário da morte de Giovanni Battista Montini, o Papa Paulo VI



Há 33 anos, Paulo VI morreu na residência de verão dos papas em Castel Gandolfo. Era 06 de agosto de 1978. Antes de se tornar papa, Paulo VI nomeou Giovanni Battista Montini. Nascido em uma cidade perto de Brescia, na Itália, em 1897. Foi ordenado aos 23 anos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!