"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

"Santa" especulação: Quais serão os novos Cardeais?



Muito provável que o Bento XVI em 18 ou 19 de fevereiro nomeará 15 novos cardeais. Este é o quarto consistório que Bento XVI convoca. Atualmente há 192 cardeais, mas apenas 107 teriam direito a votar em um eventual conclave.

Ainda não conhecido oficialmente os nomes dos cardeais futuro, mas espera-se ser chamado de "príncipes da Igreja" os italianos Fernando Filoni, prefeito da Propaganda da Fé, Domenico Calcagno, presidente da Administração dos patrimônio da Sé Apostólica, também Giuseppe Versaldi, presidente da Prefeitura dos Assuntos Económicos e Giuseppe Bertello, presidente do Governatorato do Vaticano. Também os nomes de Francesco Coccopalmerio, presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos e  Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.

O brasileiro João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Religiosos, o Americano Edwin O'Brien, pro Grão-Mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro e o espanhol Santos Abril y Castello que é o arcipreste da Basílica de Santa Maria Maior, também será provavelmente feito cardeal no consistório deste possível.

Poderam ser também nomeados cardeais Timothy Dolan de Nova York Dominik Duka de Praga e os arcebispos de Berlim, Rainer Maria Woelki, Toronto, Thomas C. Collins e Utrecht, Willem Eijk, tembém o bispo de Hong Kong, John Tong e o novo Patriarca maronita do Líbano, Rai Bechara e o novo Arcebispo Maior dos sírio malabrares, George Alencherry.

Todavia devemos esperar para a audiência geral fevereiro, onde é esperado que o  Papa anuncie oficialmente o consistório e o nome dos novos cardeais.


A lista dos novos cardeais Curiais:
Fernando Filoni
Congr. Propaganda Fide
Domenico Calcagno
Administração do Patrimônio da Santa Sé
Giuseppe Versaldi
Prefeitura dos Assuntos Econômicos
 Giuseppe Bertello
Pres. do Governatorato
João Braz de Aviz
Congr. para os Religiosos
Edwin F. O’Brien
Mestre da Ordem do Santo Sepulcro
Santos Abril y Castello
Arcipreste de Santa Maria Maior


Francesco Coccopalmerio
Cons. Textos Legislativos
Rino Fisichella
Cons. para a Nova Evangelização


A estes são acrescentados outros nomes "quase" certos:

Rainer Maria Woelki
Arcebispo de Berlim
Thomas C Collins
Arcebispo de Toronto
Willem J Eijk
Arcebispo Católico de Utrecht
Bechara Rai
Patriarca dos Maronitas
George Allencherry
Arcebispo Maior Sírio-Malabar



Fonte: RomeReports.com e blogonicus.blogspot.com

Um comentário:

Edvaldo Betioli Filho disse...

Caro e bom Cesar, eu, em minha humilde e ignorante opinião, acrescentaria nesta lista o nome de Dom Murilo Krieger, arcebispo de São Salvador e Primaz do Brasil.
Contudo, há uma "conversa de sacristia" que diz que, enquanto o cardeal emérito for eleitor, ou seja, menos de 80 anos, o Papa não nomeia outro cardeal para a mesma sede, mantendo o titular somente com o solideo violáceo.
Contudo, rezemos para que o Espírito Santo ilumine o Santo Padre para que faça as melhores escolhas, pois dentre estes nossos 120 cardeais sairá o próximo Sumo Pontífice.

Obrigado pelo espaço.
Em Cristo, Maria, Pallotti e Luciani,

EBF

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!