"Por isso, digo-vos: não tenhais medo de construir a vossa vida na Igreja e com a Igreja! Sede orgulhosos do amor a Pedro e à Igreja que lhe foi confiada. Não vos deixeis enganar por aqueles que desejam opor Cristo à Igreja! Só existe um rochedo sobre o qual vale a pena construir a própria casa. Esta rocha é Cristo. Só há uma pedra sobre a qual vale a pena fundamentar tudo. Esta pedra é aquele a quem Cristo disse: 'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja' (Mt 16, 18)".

Papa Bento XVI.
Discurso durante o encontro com os jovens no parque de Błonia. Cracóvia, 27 de Maio de 2006.

Visite nosso canal no YouTube!

Visite nosso canal no YouTube!
Clique na imagem

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Credo in unum Deum


De Balduzzi e Casucci. Interpretado por Verbum Panis. 

Letra: 
Credo in unum Deum, Patrem omnipotentem
Credo in unum Deum, factorem coeli et terrae.
Visibilium omnium et invisibilium,
Credo in unum Deum, Amen.

Credo in unum Deum, Dominum Jesum Christum.
Credo in unum Deum, Filium Dei unigenitum.
Et ex Patre natum ante omnia saecula,
Credo in unum Deum, Amen.

Credo in unum Deum, Spiritum Sanctum.
Credo in unum Deum, Dominum et vivificantem.
Qui ex Patre, filioque procedit,
Credo in unum Deum, Amen.

domingo, 28 de dezembro de 2014

Turco que disparou duas balas no Papa João Paulo II em 1981, visita túmulo do Santo Polonês no Vaticano em 2014

Mehmet Ali Ağca no Vaticano.
Ali Ağca em frene ao túmulo de São João Paulo II
Mehmet Ali Ağca visitou na manhã de sábado (27/12) a Basílica de São Pedro, onde depositou dois buquês de rosas brancas na capela onde se encontra o túmulo de São João Paulo II.

O turco foi o responsável pelos dois disparos contra o Pontífice na Praça S. Pedro, em 13 de maio de 1981.

Ali Ağca escolheu o dia 27 de dezembro porque foi o dia em que recebeu a visita do Papa Wojtyla na prisão de Rebibbia, em 1983. Na ocasião, ele recebeu o perdão de João Paulo II.

De acordo com o Vice-Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Ciro Benedettini, Ali Ağca pôde entrar na Basílica sem nenhum problema, pois não tem qualquer pendência judiciária com o Vaticano. Já a situação não é a mesma para o Estado italiano. Ele entrou no país sem o visto obrigatório e está detido numa delegacia de polícia nos arredores do Vaticano, de onde receberá a ordem de expulsão nas próximas horas.

Fonte: Rádio Vaticano

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Arquivo Pontifício - Foto rara de São João Paulo II


Foto rara de São João Paulo II. No lugar da batina branca, camisa de clergyman para facilitar na caminhada esportiva.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Cenas Papais marcantes no cinema

PAPA NOMEIA CARDEAL JEAN-LOUIS TAURAN NOVO CAMERLENGO


Cardeal Jean-Louis Tauran
O Santo Padre nomeou neste sábado como Camerlengo da Santa Romana Igreja o Cardeal Jean-Louis Tauran, Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e Vice-Camerlengo Dom Giampiero Gloder, Arcebispo Titular de Telde, Núncio Apostólico e Presidente da Pontifícia Academia Eclesiástica.

Até então, o Camerlengo era o Cardeal Tarcisio Bertone, que ao completar 80 anos no início de dezembro, perdeu automaticamente o encargo.

A maior atribuição do Cardeal Camerlengo é a determinação formal da morte do Papa. Após o Papa ser declarado morto, o Camerlengo remove o Anel do Pescador do seu dedo e o corta com uma grande tesoura na presença dos demais Cardeais, e também destrói a face do selo do Papa com o Martelo de Prata. Esse ato simboliza o fim da autoridade do último Papa. O Camerlengo notifica então os oficias apropriados da Cúria Romana e o Decano do Colégio dos Cardeais. Depois, ele começa os preparativos para o conclave e o funeral do Papa.

Até que o sucessor do Papa seja escolhido, o Cardeal Camerlengo serve como o Chefe de Estado ‘interino’ do Vaticano. Ele não é, entretanto, responsável pelo governo da Igreja Católica durante a sede vacante, não podendo realizar ações próprias do Sucessor de Pedro, como por exemplo, escrever encíclicas, criar ou unir dioceses, nomear bispos, entre outras atribuições.

A Constituição Apostólica Universi Dominici Gregis colocou a tarefa de governar a Igreja, durante a Tempe sede vacante, na mão do Colégio dos Cardeais - apesar desse poder de governo ser extremamente restrito, possibilitando apenas que a Igreja continue operando e realizando funções básicas, sem poder tomar decisões ou compromissos que são normalmente delegados apenas ao Papa.

Habemus Papam do ano de 2013
Foi o Cardeal Tauran, que como Proto-diácono, anunciou ao mundo do balcão central da Basílica de São Pedro, em 13 de março de 2013, a eleição do Papa Francisco, com a fórmula do "Habemus Papam!".

Fonte: Rádio Vaticano.

sábado, 13 de dezembro de 2014

HERANÇA DE FABIOLA DA BÉLGICA SERÁ DISTRIBUÍDA AOS NECESSITADOS

Casa Real confirma que será cumprida a vontade que a soberana deixou escrita em testamento.

A rainha Fabiola, que morreu na passada sexta-feira, deixou escrito em testamento que o seu património privado deve ser distribuído exclusivamente aos mais necessitados através do fundo de ajuda Œuvres de la Reine.

Criado por altura do seu casamento com o rei Balduino em 1960, este o fundo tem como objetivo “ajudar os desamparados em situações de extrema necessidade, apoiando projetos inovadores que tenham como objetivo aumentar as possibilidades de integração social dos jovens necessitados e das suas famílias”.


O gabinete de Comunicação da Casa Real Belga já confirmou esta informação, embora não tenha revelado mais detalhes por se tratar de um “assunto estritamente privado”.

sábado, 29 de novembro de 2014

Vídeo tentencioso a respeito do Papa Bento XVI

O vídeo a seguir faz um questionamento: Será que Bento XVI estava passando um tempo de impopularidade na Cúria Romana? Fazemos uma análise sobre esta especulação!

Na verdade ele esta apenas apresentando sua comitiva. Vejam que no começo do vídeo ele é apresentado a comitiva anfitriã cumprimentando a todos. O anfitrião por sua vez não cumprimenta sua própria comitiva. Em seguida o Papa apresenta a sua comitiva ao anfitrião, este por sua vez cumprimenta a mesma. Os cardeais que cumprimentaram Bento XVI, na verdade cometeram uma gafe, uma que o Papa não estava estendendo a mão para cumprimenta-los, mas sim fazendo um gesto de apresentação enquanto nomeava os membros da comitiva. Uma prova desse protocolo, são as imagens da viagem do Papa Francisco a Turquia, porém nessa ocasião os cardeais não cometeram a "gafe" de cumprimentar o Pontífice. Imagens no vídeo abaixo: 


Esclarecido!

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Abertura do Ano Missionário na Arquidiocese de Curitiba

Com o tema “A Alegria da Missão” e o lema “O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos” (1 Jo 1,3), o objetivo do Ano Missionário é inspirar os fiéis a assumirem com alegria a missão evangelizadora e mobilizar as paróquias em vista de uma renovação paroquial e de um estado permanente de missão.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Filme: O MUNDO ENTRE DOIS PAPAS: Da era Wojtyla ao estilo Ratzinger - HD


Depois do incrível Pontificado de João Paulo II, o Grande, o mundo começa a descobrir a verdadeira imagem do novo Papa alemão. O que existe por trás da aparente timidez de Bento XVI? Este filme mostra imagens emocionantes do final da era Wojtyla, a eleição do seu sucessor, e o novo estilo do Papa Emérito Bento XVI.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Filme: MEU VATICANO: O Vaticano de Bento XVI (Português / Español)


Ao longo de 23 anos, o cardeal alemão Joseph Ratzinger foi o braço direito do Papa João Paulo II e um dos mais poderosos integrantes da Cúria Romana. Hoje, ele é o Papa Emérito Bento XVI. 

Este filme traz a biografia do Sumo Pontífice e uma entrevista inédita, em que revela seus locais preferidos no Vaticano e conta como foi sua trajetória até se tornar um influente líder da Igreja Católica. 

Em imagens nunca antes vistas, Bento XVI nos acompanha em um passeio pelo menor Estado independente do mundo e nos guia por lugares maravilhosos e inacessíveis ao público. Dos arquivos da Santa Inquisição aos cemitérios e museus, o Papa nos apresenta um mundo que ninguém conhece bem quanto ele. 

Numa visita que vai muito além do mistério e dos portões de bronze que cercam o Vaticano, mergulhamos em uma fascinante viagem pelo universo de Bento XVI.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Filme: Papa Pio XII: Sob o céu de Roma - Espanhol



O filme mostra o Papa Pio XII como um pontífice fiel à cidade de Roma e aos seus cidadãos, que, usando a diplomacia, os seus recursos materiais e a influência política, consegue salvar nas igrejas e nos conventos romanos mais de 10 mil judeus e a própria Roma da destruição.

Filme: Karol: O homem que se tornou Papa - Dublado em Português


 
Aos 18 anos, o jovem polonês Karol Wojtyla dedicava-se aos estudos e ao desejo de ser ator e escritor. Mas quando as consequências da Segunda Guerra Mundial passam a assombrar seu país, com a invasão das tropas nazistas, Karol presencia os horrores de um povo cruelmente perseguido e destruído. Diante de tanta dor, decide se tornar padre e ajudar àqueles que precisam. Tem início sua jornada rumo à devoção e à esperança. Wojtyla disseminou palavras de fé, de paz e de liberdade, distribuindo amor entre os desenganados. Com a chegada do Comunismo, combateu o regime totalitarista corajosamente, convencido de que, mesmo ameaçado, tinha o dever de fazer algo em prol da humanidade. Wojtyla foi o escolhido. Aceitou seu destino e tornou-se o Papa João Paulo II, o mais querido e popular de todos os tempos, e que esteve determinado até o fim a amenizar os sofrimentos e as angústias do homem.

domingo, 19 de outubro de 2014

Papa Francisco beatificou o Papa Pablo VI na presença do Papa Emérito Bento XVI

Um Papa beatifica outro Papa... e o Papa beatificado, quando reinante, criou três cardeais que se tornaram Papas, sendo que um dos Papas esteve presente na beatificação, Papa Emérito Bento XVI. 


sábado, 18 de outubro de 2014

O Papa que criou três Papas

Domingo, dia 19 de outubro de 2014, o Papa Francisco beatificará o Papa Paulo VI. o Papa Montini por sua vez criou cardeais três homens que futuramente seriam seus sucessores: Albino Luciani (João Paulo I), Karol Wojtyla (São João Paulo II) e Joseph Ratzinger (Bento XVI).

Papa Paulo VI criando o Cardeal Albino Luciani, futuro Papa João Paulo I.

Papa Paulo VI criando o Cardeal Karol Wojtyla, futuro Papa João Paulo II.
Papa Paulo VI criando o Cardeal Joseph Ratzinger, futuro Papa Bento XVI.


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

TRINTA E SEIS ANOS DA ELEIÇÃO DE SÃO JOÃO PAULO II AO PAPADO

Hoje, 16 de Outubro de 2014: 36 anos da Eleição de São João Paulo II ao trono de São Pedro.

LAVDATE DOMINVM! (Louvado seja o Senhor).

Veja esse trecho do documentário "O Testemunho", que mostra as curiosidades da Eleição do Cardeal Wojtyla.

domingo, 14 de setembro de 2014

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O ABC da cruzada pelo amor

1. Respeite a todos - Cristo mora em todos. Seja sensível para com os outros - eles são seus irmãos e irmãs.

2. Pense bem de todos - não pense mal de ninguém. Tente encontrar algo de bom mesmo nas piores circunstâncias.

3. Fale sempre bem dos outros - não fale mal de ninguém. Repare qualquer problema resultante de uma palavra pronunciada. Não provoque tensões entre pessoas.

4. Fale com todos na linguagem do amor. Não levante a voz. Não blasfeme. Não provoque lágrimas. Tranquilize os outros. Demonstre um coração bondoso.

5. Perdoe tudo a todos. Não guarde rancor. Seja sempre o primeiro a estender a mão em sinal de reconciliação.

6. Aja sempre para o bem de seu vizinho. Faça bem aos outros como gostaria que fizessem a si. Nunca pense sobre o que os outros lhe devem mas sim sobre o que você deve a eles.

7. Demonstre compaixão em tempos de sofrimento. Seja rápido a oferecer consolo, assistência e bondade.

8. Trabalhe com consciência - outros beneficiam do seu trabalho como você beneficia do trabalho dos outros.

9. Seja ativo na sua comunicação. Estenda a mão aos pobres e aos doentes. Partilhe os seus bens. Tente ver as necessidades dos outros ao seu redor.

10. Reze por todos, mesmo por seus inimigos.
Cardeal Stefan Wyszynki
(1900 - 1981)

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Famoso pastor pentecostal e sua esposa se tornam católicos

pastor protestante sueco Ulf Ekman e sua esposa Birgitta anunciaram que, na próxima Páscoa, eles se converterão à Igreja Católica. O anúncio, que causou grande surpresa e comoção em muitos, foi feito há alguns dias, durante um sermão na congregação pentecostal que fundaram há 30 anos.

A fama de Ekman também se espalhou devido aos seus livros, traduzidos a 60 idiomas, a um programa de televisão, uma escola bíblica fundada por ele, sua comunidade “Palavra de Vida” (com mais de 3 mil membros, 12 pastores e uma escola com mil alunos).

O “processo” de Ekman leva cerca de 10 anos, durante os quais ele pesquisou com atenção o Catecismo da Igreja Católica e sua doutrina social, e teve contato com líderes da Renovação Carismática Católica, que o marcaram pelo seu testemunho. “Percebemos que nossos preconceitos protestantes não tinham base alguma, em muitos casos”, afirmou.

Uma das reflexões que mais o atraíram à Igreja Católica foi a da unidade do Corpo de Cristo.
“Acreditar na unidade [dos cristãos] tem consequências práticas, disse. Seus argumentos neste campo foram expostos na revista “Varlden Idag”, em uma entrevista: “Não entendo que se diga que não precisamos de um magistério. Se temos 5 versículos da Bíblia e 18 comentários sobre estas escrituras, quem decidirá? Meu intelecto é melhor que o seu, eu li mais, posso convencer melhor que você… ou existe um magistério que orienta sobre como julgar o assunto.

Do Papa, ele disse que é a máxima expressão de um magistério, e que ele acredita “na necessidade de uma autoridade definitiva”.

Para continuar tratando do tema da unidade, o pastor citou João 11, 52: “Sim, Jesus não ia morrer somente pelo povo, mas também para reunir os filhos dispersos de Deus”.

“Jesus morreu por isso – comentou. Acho que está muito forte no coração de Deus o desejo de que nos unamos.” Esta unidade não pode ser meramente relacional, pois “a Igreja é o Corpo de Cristo, uma entidade estruturada. É concreta, não uma nuvem de gás. O Corpo é visível. O modelo é Jesus, que teve um corpo visível durante 30 anos.”

Um antecedente de cunho místico
Ekman era um jovem estudante na década de 70 quando, sentado em um restaurante, sentiu as lágrimas escorrerem e não conseguiu evitar o choro. “Tive uma experiência instantânea de como Jesus sofre porque sua Igreja está dividida. Foi como um relâmpago. Senti: ‘Isso não é do agrado de Deus’. Jesus chorava por isso. Eu o senti naquele restaurante, na hora do almoço. Depois isso desapareceu da minha memória. Mas voltou a surgir nos últimos 10 anos”, recordou.

Mas o tema da unidade não é o único. Ao anunciar sua entrada á Igreja Católica, ele recordou algumas das suas razões.

“Vimos [na Igreja Católica] um grande amor por Jesus e uma teologia sã, fundada na Bíblia e no dogma clássico. Vivenciamos a riqueza da vida sacramental. Vimos a lógica de ter uma estrutura sólida no sacerdócio, que mantém a fé da Igreja e que a transmite à geração seguinte. Encontramos uma força ética e moral e uma coerência que pode enfrentar a opinião geral, e uma tendência bondosa com relação aos pobres e fracos. Finalmente, mas não menos importante, tivemos contato com representantes de milhões de católicos carismáticos e vimos sua fé viva.”

Em seu processo, Ekman destaca também o papel de dois religiosos: Dom Anders Arborius, único bispo católico da Suécia, e o padre carmelita Wilfrid Stinissen, reconhecido escritor.
A partir de agora, ele será um “simples católico”. Isso entre aspas, pois certamente a Igreja o convidará a usar seus dons para a missão. “Nós nos sentimos um pouco como Abraão e Sara: dois idosos entrando em um país desconhecido”, acrescentou.

Mas eles têm a certeza do auxílio de Deus.

Fonte: AICA

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

11 DE AGOSTO - ANIVERSÁRIO NATALÍCIO DE DOM PEDRO ANTÔNIO MARCHETTI FEDALTO, ARCEBISPO EMÉRITO DE CURITIBA. 88 anos de vida!

Lema: VERITATEM IN CARITATE
A verdade na Caridade
Dom Pedro Antônio Marchetti Fedalto
De nacionalidade brasileira e descendência italiana, Dom Pedro Fedalto nasceu no dia 11 de agosto de 1926 na Colônia Antônio Rebouças - Município de Campo Largo/PR.

Foi ordenado sacerdote em 6 de dezembro de 1953 e sua sagração episcopal ocorreu em 28 de agosto de 1966. Foi bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba de 1966 a 1970 e administrador apostólico diocesano no ano de 1970 (após a morte de D. Manuel da Silveira), sendo empossado como arcebispo no dia 28 de fevereiro de 1971.


Seu lema "A verdade na caridade" foi marca registrada de seu serviço durante os 30 anos em que serviu a Arquidiocese e a CNBB do Paraná como presidente por 28 anos. Para melhor evangelizar, descentralizou a Arquidiocese em quatro grandes áreas pastorais, divididas em 18 setores, contando 3 áreas aos bispos auxiliares e reservando para si o centro da Arquidiocese.

Planos de Pastoral: deu continuidade aos planos de pastoral iniciados em 1968, publicando em 1972 o Diretório Pastoral, em 1975, o Manual do Agente de Pastoral e em 1980 a Carta Pastoral sobre a Evangelização dos Fiéis na fé e no compromisso.

Criou e incentivou novas pastorais, como a Pastoral da Comunicação, Pastoral Familiar, Pastoral da Criança, Pastoral do Menor, Pastoral da Juventude, Pastoral Universitária, Pastoral Operária, Pastoral Carcerária, Pastoral das Favelas, Pastoral Litúrgica, Pastoral do Idoso, Pastoral do Deficiente, entre outras.


Acolheu movimentos, como: Movimento Diálogo, dos Focolares, Renovação Carismática- Neo-Catecumenato, Movimento de Irmãos, Emaús, Movimento Serra, Movimento de Schoenstatt, do Rosário Perpétuo, do Ecumenismo, Oficinas de Oração e Vida, Curso Intensivo e Vivência Cristã (ECC) - Encontro de Casais com Cristo, TLC - Treinamento de Lideranças Cristã, MAD - Mensageiras do Amor Divino, entre outros.

Acolheu organismos, como: Assintec- Associação Interconfissional de Ensino Religioso, a Comunidade Vida Nova, as CEBs - Comunidades Eclesiais de Base; o Cenplafam - Centro de Planejamento Familiar Natural; a CPT - Comissão Pastoral da Terra, o Instituto Nacional da Família e a Arsen- Associação dos Reitores de Seminários Maiores.

Dom Pedro criou 74 novas paróquias, ordenou 82 padres diocesanos, acolheu congregações femininas e masculinas. Em seu pastoreio abriam-se 20 casas para a formação de leigos; criou em 1975 o ICE- Instituto de Cultura Eclesial para a formação de lideranças pastorais. Foram constituídas 47 novas igrejas e adquiridos cerca de mil terrenos para a construção de novas igrejas e capelas; conseguiu a concessão de abertura da Rádio Clube.

Outros destaques de seu episcopado:

- A realização das Santas Missões Populares em 1975 e 2000, a vinda do Papa João Paulo II à Curitiba nos dias 5 e 6 de junho de 1980

- A realização do Congresso Eucarístico Arquidiocesano pelos 50 anos da Igreja da Ordem como templo de adoração perpétua e na preparação do 14º Congresso Eucarístico Nacional.

Após completar 75 anos de idade, Dom Pedro Fedalto escreveu uma carta à Santa Sé solicitando o seu afastamento do cargo de arcebispo metropolitano de Curitiba. O pedido foi aceito em 15 de maio de 2004, quando foi nomeado o novo arcebispo, Dom Moacyr José Vitti.

sábado, 2 de agosto de 2014

"Templo de Salomão" inaugurado em São Paulo, Dom Henrique Soares esclarece aos católicos

Só para esclarecer aos católicos, a respeito desse "templo de Salomão" inaugurado em São Paulo, mais uma farsa religiosa do nosso tempo e mais uma punhalada no cristianismo, já tão deturpado pelas seitas...
1. Não existe nem poderá existir "Templo de Salomão" algum desde 587 aC, quando o Templo do Senhor, construído pelo Rei Salomão, foi incendiado pelos babilônios. Este era o chamado Primeiro Templo dos judeus.
2. Nem mesmo no tempo de Jesus havia um "Templo de Salomão". Havia sim, o Segundo Templo, construído pelos judeus que voltaram do Exílio de Babilônia entre 537-515 aC. Foi nesse Templo, reformado, ampliado e embelezado por Herodes Magno, que Jesus nosso Senhor pregou. Foi sobre esse Templo que Ele afirmou tratar-se de uma imagem Dele próprio, morto e ressuscitado: "Destruí este Templo e em três dias Eu o edificarei!".
3. O Templo de Salomão em si não tem significado algum para o cristianismo. Também não pode ser reconstruído, pois já não seria o Templo "de Salomão", mas de outra qualquer pessoa! O que se construiu em São Paulo foi um "Edifício do Edir Macedo", nem mais nem menos...
4. Quanto ao Templo dos judeus, somente pode ser construído sobre o Monte do Templo, chamado Monte Moriá, em Jerusalém. Os judeus nunca reconstruíram o seu Templo por isso: porque ali já estão erguidas duas mesquitas muçulmanas...
5. Os cristãos jamais poderão ou deverão reconstruir Templo judaico algum! Isto é negar Nosso Senhor Jesus Cristo, é voltar ao Antigo Testamento! O Segundo Templo era imagem do Corpo do Senhor. Ele mesmo o declarou. Aqui coloco de modo explicado o que Jesus quis dizer: "Vós estais destruindo este Templo! Podeis destruí-lo; ele já cumpriu sua função de figura, de lugar de encontro de Deus com os homens! O verdadeiro Templo é Meu corpo imolado e ressuscitado! Vós destruireis o Meu corpo como estais destruindo este Templo! Mas, dentro de três dias Eu o ressuscitarei, edificando o verdadeiro Templo, lugar de encontro entre Deus e o homem: o Meu corpo, que é a Igreja!"
6. Arca, sacrifícios antigos, utensílios do antigo Templo, já não têm sentido algum no cristianismo. Mais ainda: não passam de pura e vazia falsificação que ofendem a resta consciência cristã e desrespeitam os judeus, imitando de modo grosseiro e falseando de modo superficial o real significado dos seus símbolos religiosos.
Conclusão: É uma pena ver como o charlatanismo, a ignorância, o grotesco prosperam em certas expressões heterodoxas de cristianismo... E tudo por conta do tripudio sobre a ignorância e falta de bom senso de toda uma população insensata. Só isto.
Dom Henrique Soares da Costa
Fonte: http://evangelizarr.blogspot.com.br

sábado, 26 de julho de 2014

O Diácono do apito

Marcos Daniel Camargo é ordenado Diácono Permanente da Igreja Católica em Curitiba 


Às 15 horas do último domingo, dia 20 de julho, o ex-árbitro da CBF Marcos Daniel Camargo deu início àquela que se torna a etapa espiritual mais importante da sua vida. Ao lado de mais 11 homens de Deus, o ex-colunista do Voz do Apito foi ordenado Diácono Permanente da Igreja Católica Apostólica Romana, título este que o credenciará para celebrar casamentos e batizados, além de ter a responsabilidade de levar a palavra de Deus aos que necessitam dela.

A cerimônia que aconteceu no Ginásio da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, no bairro do Prado Velho, em Curitiba, contou com a participação de milhares de pessoas que foram prestigiar os novos Diáconos. Por ser casado, Marcos Camargo não pode ser ordenado Padre, já que a legislação da Igreja Católica em todo mundo, não permite que homens casados sejam ordenados sacerdotes.

Agora devidamente ordenado como Diácono da Arquidiocese de Curitiba, Marcos Daniel Camargo além de auxiliar em celebrações eucarísticas no altar, passará a ser o mediador entre o povo de Deus e a Igreja de Pedro.



 Fonte: http://www.vozdoapito.com.br/o-diacono-do-apito.php

sexta-feira, 11 de julho de 2014

quarta-feira, 9 de julho de 2014

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Escolhido o Administrador Arquidiocesano de Curitiba

CÚRIA METROPOLITANA DE CURITIBA

Avenida Jaime Reis, 369

80.510-010 - Curitiba - PR


                                                                                 
                                  
C O M U N I C A D O

                       
 
Diante da morte repentina de Dom Moacyr José Vitti, Arcebispo, Côn. Élio José Dall´Agnol, Chanceler da Arquidiocese de Curitiba, comunica, a quem interessar possa, que de acordo com o cânone 421, §1 do Código de Direito  Canônico, foi realizada a reunião extraordinária do Colégio de Consultores da Arquidiocese e foi eleito, como Administrador Arquidiocesano de Curitiba S. Ex.cia Rev.ma Dom Rafael Biernaski, enquanto Sé vacante, até que S. Santidade o Papa Francisco nomeie o novo Arcebispo de Curitiba.
 
Curitiba, 01 de julho de 2014.
 
Côn. Élio José Dall´Agnol
 Chanceler
 
 
Colégio de Consultores
Assinatura da ata de reunião
Dom Rafael faz juramento
Colégio de Consultores com o Administrador Arquidiocesano

Fonte: http://arquidiocesedecuritiba.org.br

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Morre aos 73 anos dom Moacyr José Vitti, arcebispo de Curitiba

O arcebispo de Curitiba, dom Moacyr José Vitti morreu no início da tarde desta quinta-feira (26), em sua residência. A informação foi confirmada pelo bispo auxiliar e Curitiba, dom Rafael Biernaski. Dom Moacyr tinha 73 anos e era arcebispo de Curitiba desde 2004.

Fonte: gazetadopovo.com.br

terça-feira, 24 de junho de 2014

Filme: Karol Wojtyla, o Papa que veio de longe


São João Paulo II, rogai por nós!

sábado, 21 de junho de 2014

Marcha da Igreja

Cumpre-se 51 anos da eleição de Paulo VI como Papa.

Papa Paulo VI que logo se tornará Beato.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Papa Francisco viajará para a Terra Santa. Por isso recordamos os melhores momentos da viagem do Papa Emérito Bento XVI

Estamos em oração pela visita do Papa Francisco à Terra Santa de 24 a 27 de maio. Rezemos pelo diálogo inter-religioso.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Página no facebook

Página no facebook
Curta nossa página no facebook, clique na imagem acima!